Top 5 perguntas sobre gerenciamento de conteúdo de mídia social respondidas

mídia social

1. DEVO USAR A MEDIÇÃO SOCIAL PARA MEUS NEGÓCIOS?

Simplesmente, sim. Um ressonante sim. Aqui está o porquê [I]:

Mais de metade do mundo agora usa um smartphone;
Quase dois terços da população mundial agora tem um telefone celular;
Mais da metade do tráfego da web mundial agora vem de telefones celulares;
Mais de metade de todas as conexões móveis em todo o mundo são agora “banda larga”;
Mais de uma em cada cinco da população mundial comprou on-line nos últimos 30 dias.
Com mais de 2 bilhões de pessoas em mídias sociais, as conversas mudaram para as plataformas digitais. O consumo de informações migrou on-line. Para alcançar, as empresas precisam manter-se atualizadas, relevantes e, o mais importante, competitivas. As regras são simples, snooze e perdem. No entanto, estar em mídias sociais é mais que publicar atualizações regulares em qualquer uma das plataformas. Muito mais pensamento e esforço são necessários.

2. QUAIS SÃO AS PLATAFORMAS DE MÍDIA SOCIAIS DEVO UTILIZAR PARA MEUS NEGÓCIOS?

O primeiro passo visível de se juntar à conversa digital é o estabelecimento de presença nas plataformas de redes sociais. Não é aconselhável se engajar em todas as plataformas disponíveis, mas tampouco está selecionando o capricho. As plataformas certas são onde o público-alvo da empresa ou da organização está ligado.

Além da compatibilidade com o público-alvo, a plataforma também deve ser relevante para o negócio. O Google +, por exemplo, é a terceira plataforma de mídia social mais popular na palavra, mas dificilmente é o top cinco em Cingapura. Para empresas orientadas para o visual, como design de interiores, jóias e moda, Pinterest pode ser uma comunidade menor, mas é digno de consideração.

PRoTip: Tenha cuidado com a duplicação de conteúdo. Em vez disso, otimize cada formato de conteúdo para diferentes plataformas para maximizar o alcance e a tração das mensagens.

3. SEU NEGÓCIO O CONTEÚDO DE MÍDIA SOCIAL SER PROFISSIONAL OU PESSOAL?

Muitas crises de mídia social surgem da comunicação de emoções pessoais ou ignorando sentimentos genuínos (embora negativos). Isso não significa que os internautas não apreciem conexões pessoais com marcas nas mídias sociais. A chave é conseguir esse delicado equilíbrio entre ser profissional e ser pessoal. Lembre-se, responda e não reaja.

Isso ajuda a sair das paredes frias da mensagem corporativa genérica e se envolver com os consumidores em um tom mais acessível. Um estudo mostra que as marcas que ativamente conversam com seus seguidores on-line provavelmente ganharão fidelidade à marca. [Ii]

PRoTip: Compartilhe sobre eventos da comunidade local e empresas locais, histórias de funcionários e valores corporativos. Isso torna a marca mais confiável.

4. COMO TENDO QUALQUER POSSO POSSUIR NA MINHA PÁGINA DE NEGÓCIO?

É incontestável: a consistência só pode ser derivada do trabalho árduo. Uma empresa que não está comprometida em aumentar o conteúdo de suas plataformas de mídia social está condenada a ser abandonada e esquecida. No entanto, simplesmente trabalhar duro nunca é suficiente. Não só é trabalhista intensivo estar sentado na frente do computador, que enche o conteúdo após o conteúdo ao longo do dia, todos os dias, os seguidores também podem ser irritados e decidem acabar com esse relacionamento virtual.

“Embora seja admirável ser ambicioso e trabalhador, é mais desejável ser inteligente”. – John C Maxwell.

Em vez disso, faça uso de ferramentas analíticas e dados de pesquisa para prever os melhores horários para publicação e o melhor tipo de conteúdo a publicar.

Para evitar a luta contra incêndios, prepare e agenda esses conteúdos com antecedência. Simplifique, se necessário, quando o conteúdo deve ser publicado.

PRoTip: Ser consistente não significa ser chato. Garantir uma combinação saudável de conteúdo original e de terceiros para manter o público entretido e envolvido.

5. O QUE DEVO FAZER SE HÁ UM COMENTÁRIO NEGATIVO DE UM CONCORRENTE OU CLIENTE?

A mídia social não só envolve a comunidade mais ampla, mas também funciona como uma interface de “cliente”. Quando uma empresa decide enfrentar as águas das mídias sociais, ela deve estar preparada para responder ou enviar comentários. Embora nem todas as marcas possam sair com sass como Wendy’s no Twitter, é pior ignorar ou excluir comentários e comentários. Ao encontrar comentários hostis, sempre abordar a questão educadamente e oferecer para resolver o problema em particular.

PRoTip: siga com declarações ou promessas feitas on-line. O inferno não tem fúria como um cidadão desprezado.

Criar uma conta ou uma página de mídia social é fácil, mas ser capaz de gerir de forma sustentável e eficaz exige um planejamento estratégico, uma dedicação imensa e uma compreensão clara da comunidade on-line e como conversar adequadamente com eles. A menos que uma empresa tenha um especialista interno, este é um trabalho melhor feito por uma empresa de relações públicas.